Instituto Lula

Menu

"Temos que parar de discutir crise e discutir como fazer o país voltar a crescer"

27/08/2015 19:42

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou na tarde desta quinta-feira (27), ao lado do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, de um encontro com mais de 80 prefeitos da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene - AMAMS, em Montes Claros, no norte do estado. "Essa é a minha primeira viagem para discutir com prefeitos, sindicalistas,com a sociedade".

Lula falou sobre a atual crise econômica e ponderou: "agora não é Brasil, Minas ou Januária que está com problema, é Alemanha, China, Argentina e o mundo inteiro com problemas na economia". Ele ainda disse "eu sei que vocês estão vivendo um momento difícil. Mas não há espaço para desanimar. Vamos para rua dizer que está difícil, dizer qual o problema e que vamos resolver isso".

"Se alguém pensa que porque o Lula não está na Presidência, vai ficar de boca calada, se enganaram. Vou continuar brigando por um Brasil melhor", afirmou Lula. Ele falou ainda sobre a importância de implementar o Plano Nacional de Educação -PNE, em cada município. "E vamos perguntar para cada prefeito se seu filho está na escola pública, porque se estiver na particular, tem alguma coisa errada".

O ex-presidente disse que "nós temos a obrigação de fazer com que o Fernando seja o melhor governador que Minas já teve e para isso precisamos que cada prefeito seja o melhor prefeito na sua cidade". 

O governador dise que é "sempre gratificante receber o ex-presidente" e disse: "Nós queremos aqui te dar uma alegria. Essa homenagem que o senhor leva daqui de Minas, é para o senhor continuar enfrentando todas as adversidades e continuar nos liderando nese caminho", disse o governador Fernando Pimentel. 
O presidente da AMAMS, César Emílio, afirmou que "nos prefeitos voltamos para nossos municípios de bateria carregada, com a energia renovada. Com você nos aprendemos a governar com nossos corações".