Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Marcio Pochmann.

Instituto Lula

Menu

Águas do Velho Chico chegarão ao RN entre setembro e outubro

06/06/2018 11:56

Alessandra Dantas

Do PT no Senado 

Em audiência pública realizada a pedido da senadora Fátima Bezerra, na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo, o ministro da integração Pádua Andrade informou que o calendário da transposição do Rio São Franciscoestá mantido para 2018. Segundo ele, até o final de agosto, as águas chegarão ao Ceará. “No Rio Grande do Norte, as águas chegarão entre setembro e outubro”, garantiu, após ser questionado pela senadora, que preside a comissão.

O gestor informou também que o projeto do ramal do Apodi está pronto e espera lançar o edital ainda este ano. “Após a conclusão dos eixos da transposição do Rio São Francisco, o desafio será dar andamento as obras complementares, como os ramais do Apodi (RN), do Piancó (PB) e do Agreste (PE)”, disse. “O edital [do Apodi] está pronto. No entanto, para lançá-lo, é preciso já termos recursos para executar a obra. O valor do Ramal do Apodi é de R$ 2,2 milhões”, completou.

A senadora Fátima lembrou que a Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR) tem desempenhado papel muito importante no acompanhamento e na fiscalização da obra da transposição. “Esperamos que esse calendário seja mantido. Temos que estar cada vez mais mobilizados, para que este novo calendário não sofra mais atrasos”, enfatizou.

A parlamentar informou que a CDR continuará realizando audiências públicas regionais. Em junho, acontecerão audiências no Rio Grande do Norte, na região do Oeste e no Seridó, e na Paraíba.

Barragem de Oiticica

Na próxima quarta-feira, por sugestão da senadora, parlamentares da bancada do Rio Grande do Norte debaterão com o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, a liberação de R$ 238 milhões para a barragem de Oiticica. O encontro contará com a presença ainda do ministro da Integração Nacional e o governador do estado também foi convidado. “O ministro informou que só tem orçamento para mais quatro meses de obra. Esses recursos têm que aparecer. Precisamos lutar pela conclusão da barragem, para garantir segurança hídrica para a população”, reiterou a senadora.

Participaram da audiência pública na CDR os senadores Paulo Rocha, Elmano Férrer, Garibaldi Alves, Agripino Maia, Raimundo Lira e Humberto Costa. Também estiveram presentes os deputados Zenaide Maia, Raimundo Gomes de Matos, Gonzaga Patriota, Jony Marcos e Marcondes Gadelha.