Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Curso do mês: Filosofia e feminismo, com Marcia Tiburi.

Instituto Lula

Menu

Amorim: "Ninguém faz progama espacial alugando base"

21/03/2019 12:08

Amorim: 'Não se pode basear um programa espacial no fato de alugar serviços. Soberania custa caro'. Foto: Arquivo Agência Brasil

Em entrevista a Eduardo Maretti, da Rede Brasil Atual, o ex-chanceler Celso Amorim lamentou pelo futuro do programa espacial brasileiro. Durante encontro com o presidente americano, Jair Bolsonaro disse que vai ceder a base de Alcântara (MA) para uso dos EUA. 

Soberania foi o que impediu o Brasil de ceder a base aos americanos em outra ocasião, durante o governo Fernando Henrique. O Congresso Nacional rejeitou a proposta por considerar que atentava contra os interesses nacionais. Naquela época os brasileiros estariam impedidos, por exemplo, de entrar em áreas da base, já que os Estados Unidos tinham tecnologias que não querem compartilhar. Sem transferência de tecnologia, como o Brasil vinha tentando fazer até agora, a maior potência da América do Sul será apenas o proprietário do imóvel.

“Não se pode basear um programa espacial, assim como nas áreas nuclear e cibernética, no fato de alugar serviços. Isso não existe. A China não fez isso, a Rússia, a Índia, obviamente os Estados Unidos não fizeram isso, ou a França, só para falar de países que têm programa espacial. Soberania é uma coisa que custa caro”, disse Amorim.

Leia a entrevista na íntegra ma Rede Brasil Atual .