Instituto Lula

Menu

Ato em Vitória inaugura caravana pelo Sudeste

05/12/2017 09:49

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Por Clarice Cardoso
Da Agência PT de Notícias 

Uma abertura emocionante, de fazer orgulho ao povo capixaba, marcou a abertura da caravana  Lula pelo Brasil no Espírito Santo nesta segunda-feira (4), no ato na praça Costa Pereira.

A inauguração da terceira etapa das viagens do ex-presidente pelo país tem valor duplamente histórico. Em primeiro lugar, porque recupera uma tradição na história de Lula de ir pessoalmente conhecer a realidade do povo, olhando nos olhos daqueles que mais precisa e deles procurando ouvir o que é preciso ser feito para construir um Brasil melhor. Além disso, porque marca o reencontro de uma liderança com um estado pelo qual sempre demonstrou carinho e cuidado, mostrando-se presente e dedicando especial atenção às suas necessidades em seus governos.

Lula pelo Brasil existe com um objetivo claro, o de entender como o Brasil atual se transformou graças ao projeto de país implementado pelos governos do democráticos e progressistas e como esses mesmos brasileiros e brasileiras tem sofrido as consequências sem escrúpulos no pós-golpe.

“A democracia, na lógica deles, só vale a pena se eles estiverem no governo. Esse país sempre foi governado para apenas 35% da população, exatamente porque sempre se partiu do princípio de que o pobre nasceu para ganhar pouco, ganhar mal, para não ter direito a nada”, criticou Lula já na abertura do ato.

“Lula trouxe para o Brasil vagas de empego, casa, água, luz. Ainda falta muito, e por esse motivo estamos aqui, acreditando”, afirma o sindicalista Pedro Alves.

Emocionada, a aposentada Ilza da Cruz esperava desde o meio da tarde à beira do palco pela chance de ver Lula de perto. “Que outro presidente tem essa população a favor dele, querendo que ele volte? Ninguém quer que volte Fernando Henrique, ninguém quer que volte Fernando Collor. Agora, olha essa caravana! Lula é gente, Lula é povo! É por isso que estou aqui!”

Levando a bandeira do orgulho LGBT, o professor Tiago Melo também acompanhava o ato e aguardava a chegada do ex-presidente. “Lula é uma das figuras mais importantes da esquerda, porque quando estava na presidência, foi um dos que mais trabalhou para as causas LGBT no Brasil. O governo que está aí não veio governar para os LGBT. Isso é público e notório.”

“Os golpistas só falam mentiras. Se falam mentiras sobre o Lula, vamos gritar verdades. E Lula é a verdade!”, afirma. Opinião semelhante tem dona Ilza. “Querem perseguir o Lula, prender o Lula. Eles têm medo, porque ele é agraciado por Deus, é a benção divina que manda esse homem para nós.”

Ricardo Stuckert

O ex-presidente Lula durante ato no Espírito Santo em Lula pelo Brasil

Com voz firme e olhar sereno, Lula subiu ao palco para conversar com o povo capixaba em mais um discurso forte, marca das suas caravanas. “É possível esse país voltar a ser alegre, a gente gerar emprego, carteira assinada, colocar jovens na universidade, continuar fazendo escolas técnicas”, garantiu.

“A formação de um povo é a coisa mais fundamental para que esse país possa crescer e se tornar protagonista. O país, para ficar rico, tem que ser exportador de conhecimento, de inteligência, e isso só é possível com investimento em educação.”

“Eles agora estão quebrando a indústria naval. Quando eu cheguei na presidência, tinha só 2.600 trabalhadores. Em 12 anos, eram 86 mil. Esse país tem que readquirir seu protagonismo internacional e perder o complexo de vira-lata”, afirmou, sendo ovacionado pela plateia.

Sobre os rumos que o país hoje toma, e que é reprovado pela maioria da população, como mostra a mais recente pesquisa Datafolha, Lula foi certeiro: “Este país está precisando de um político que conheça o povo brasileiro e a alma do povo brasileiro!”

“Frequentar restaurante, comprar presente de Natal para os filhos, andar de avião, comprar geladeira, celular, isso não é luxo. Para os ricos, dizem que é necessidade. Para os pobres, falam que é luxo”, provocou.

Para os analistas da grande mídia com muito a dizer sobre o nome mais citado nas pesquisas de intenção de voto, Lula também mandou um recado certeiro. “O mercado vai precisar muito mais de mim do que eu dele. Porque ele sabe que, quando eu cheguei à presidência, o Brasil devia 32 bilhões ao FMI, e agora é o FMI que deve dinheiro para nós!”

“Eu tenho o apoio da coisa mais sagrada, que é o povo brasileiro!”, encerrou, emocionado.

Ricardo Stuckert

Lula pelo Brasil inicia etapa sudeste pelo Espírito Santo

Lula Pelo Brasil

A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Espírito Santo e ao Rio de Janeiro, que acontece em dezembro, é a terceira etapa do projeto que ainda deve alcançar as demais regiões do Brasil.

Em agosto e setembro, Lula pegou a estrada e percorreu os nove estados nordestinos, visitou inúmeras cidades, ouviu e conversou com o povo. Em outubro, foi a vez do estado de Minas Gerais.

O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do democráticos e progressistas e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista nos últimos dois anos.

Assista ao ato:

Por Clarice Cardoso, da Agência PT de Notícias, enviada especial à caravana Lula pelo Brasil – ES