Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Emir Sader.

Instituto Lula

Menu

Boletim 193 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

31/08/2018 09:43

Arte Agência PT

1. O ex-presidente do Partido Social-Democrata da Alemanha e ex-presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, e o vice na chapa de LulaFernando Haddad, visitaram o ex-presidente na tarde desta quinta-feira (30/08), em Curitiba. Schulz frisou que o Brasil está muito bem orientado e deve cumprir a determinação do Comitê deDireitos Humanos da ONU de garantir o direito de Lula a disputar o cargo de presidente. “Nenhum poder desse mundo poderá me impedir de confiar nesse homem”, disse Schulz, lembrando que tem com Lula um grande histórico de cooperação. Leia mais: https://lula.com.br/sobre-lula-martin-schulz-afirma-nenhum-poder-desse-mundo-podera-me-impedir-de-confiar-nesse-homem/

2. O sociólogo português Boaventura de Sousa Santos esteve com o ex-presidente Lula em Curitiba nesta quinta-feira (30) e disse ter saído da reunião absolutamente inspirado. “Essa é sua grandeza, a grandeza de um homem que sabe inspirar um país e todos aqueles que o visitam”, afirmou. O sociólogo destacou ainda que Lula é uma inspiração para toda a esquerda progressista mundial e segue influenciando a vida nacional, mesmo mantido como preso político. Leia mais: http://www. pt.org.br/boaventura-diz-que-lula-e-a-ideia-de-um-pais-com-esperanca/

3. Mais cedo, Boaventura disse em entrevista ao UOL que a ONU mostra que há violações no caso de Lula. Ele afirmou que os excessos que foram e continuam sendo cometidos no caso do ex-presidente são hoje conhecidos internacionalmente, culminando com a advertência do Comitê de Direitos Humanos da ONU sobre a necessidade de o Estado brasileiro garantir o direito de Lula concorrer à Presidência. “Há violações graves aqui no Brasil em relação ao próprio direito eleitoral”, sublinhou Boaventura.

4. Um grupo de senadoras e senadores de diversos partidos políticos assinaram, nesta quinta-feira (30), uma nota na qual se somam ao posicionamento do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), referente à manifestação do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o ex-presidente Lula e em defesa da soberania do Parlamento brasileiro. Leia a nota: http://www.pt.org.br/senadores-defendem-parlamento-soberano-e-respeito-a-decisao-da-onu/

5. Os ex-ministros Luiz Carlos Bresser-Pereira (Fazenda, Administração Federal, e Ciência e Tecnologia), Celso Amorim (Relações Exteriores e Defesa), juristas como Dalmo Abreu Dallari e Fábio Konder Comparato, ambos professores titulares da USP, e diversos intelectuais enviaram carta ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, pedindo atenção aos direitos do ex-presidente Lula. Barroso é relator do processo do registro da candidatura de Lula e das ações que pedem sua impugnação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Leia mais: https://www. cut.org.br/noticias/manifesto-de-intelectuais-pede-a-ministro-do-stf-compromisso-com-a-democracia-fd65

Boletim 193 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 30/08/2018 – 20h10