Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

Boletim 213 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

20/09/2018 10:32

Arte Agência PT

1. Representantes de cinco blocos parlamentares da Europa e da América Latina divulgaram hoje (19), em Viena, uma declaração conjunta na qual denunciam a “grave crise democrática” pela qual passa o Brasil “desde o golpecometido contra a presidenta Dilma Rousseff” e condenam “a perseguição judicial, política e midiática e as campanhas de criminalização que sofrem distintos líderes progressistas”, com menção direta aos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Rafael Correa, do Equador, além da senadora e ex-presidenta argentina Cristina Kirchner. Leia mais: http://www. pt.org.br/lideres-da-europa-e-al-denunciam-perseguicao-a- lula-kirchner-e-correa/

2. O ex-presidente Lula, em mensagem divulgada por redes sociais digitais, criticou o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência, por dizer que as famílias pobres só com mãe e avó são “fábricas de desajustados”. Lula classificou o conceito do general como medíocre e sugeriu a ele fazer um curso sobre humanismo. Leia a íntegra da mensagem: http://www.pt.org.br/leia-a-carta-aberta-de-lula-ao-general-mourao/

3. O Tribunal Superior Eleitoral decidiu na terça-feira (18/09), por unanimidade, que imagens e áudios de Lula podem ser usados nos programas de rádio e TV da Coligação “O Povo Feliz de Novo” (PT/ PCdoB/Pros), nos 25% do tempo reservados a apoiadores do candidato Fernando Haddad e da vice Manuela D’Ávila. É um direito garantido na lei, mas os adversários do ex-presidente e do PT apresentaram uma série de representações que, na verdade, são tentativa de censurar a aparição de Lula como apoiador da chapa.

4. O juiz Sérgio Moro, em despacho emitido nessa quarta-feira (19), reafirmou que não há provas que relacionem os contratos da Petrobrás listados pelo Ministério Público da Lava Jato, ou recursos da empresa estatal, com supostas vantagens que Lula teria recebido em um apartamento do Guarujá que não é do ex-presidente e nunca foi usado por ele. A manifestação é importante porque reforça que a condenação de Moro não tem provas, e está baseada apenas e exclusivamente no depoimento de um co-réu, que teve redução de pena por acusar Lula. Leia mais: http://www.pt.org.br/despacho-de-moro-reforca-falta-de-provas-na-sentenca-de-lula/

5. A Vigília #LulaLivre, que hoje completou 166 dias de resistência, contou nesta quarta-feira (19) com a presença de militantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). Ele mandaram um recado para a família Marinho, dona das Organizações Globo: “A verdade é dura, a Rede Globo apoiou a ditadura, e apoia!”. Também estiveram presentes militantes do Sindicato dos Bancários do Paraná no ato de boa noite ao ex-presidente Lula.

Boletim 213 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 19/9/2018 – 19h20