Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

Boletim 220 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

27/09/2018 09:29

Arte Agência PT

1. A Vigília #LulaLivre recebeu, nesta quarta-feira (26), a visita de Aleida Guevara, médica pediatra cubana e filha do revolucionário histórico Ernesto Che Guevara. Ela falou aos militantes do Movimento dos Sem Terra (MST), plantou uma araucária no bosque Lula Livre, coordenou uma roda de conversa na Vigília sobre solidariedade internacional e denunciou que “a prisão de Lula é injusta e inaceitável”. Leia mais: http://www. pt.org.br/vigilia-lula-livre-recebe-a-visita-de-aleida-che-guevara/

2. A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou na terça-feira (25/09) com solicitação junto ao Tribunal Regional Federal 4 para assegurar a Lula o direito de gravar mensagens de apoio à campanha eleitoral de Fernando Haddad à Presidência da República. A solicitação baseia-se em decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que reconheceu o direito de Lula de aparecer na propaganda eleitoral da Coligação “O Povo Feliz de Novo”, bem como na determinação do Comitê deDireitos Humanos da ONU. Leia mais: http://www.pt.org.br/lula-entra-com-pedido-de-tutela-de-urgencia-para-gravar-apoio-a-haddad/

3. O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, em discurso na Assembleia-Geral da ONU hoje (26/09), em Nova Iorque, denunciou a prisão política de Lula, condenado arbitrariamente pelo juiz Sérgio Moro. “Denunciamos o encarceramento com fins políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a decisão de impedir o povo de votar e eleger à Presidência o líder mais popular do Brasil”, afirmou.

4. O ato de boa tarde a Lula desta quarta feira teve a participação de militantes do Sindicato dos Bancários de São Paulo. Márcio Rodrigues, diretor do Sindicato, disse que o grupo de bancários foi à Vigília Lula Livre reforçar a resistência democrática e a solidariedade a Lula, que está encarcerado como preso político há 173 dias.

5. A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), junto com Aleida Guevara, participou do boa noite a Lula. Gleise agradeceu Aleida pela solidariedade prestada a Lula. A dirigente do PT destacou a importância da Vigília e lembrou que o desafio atual, no Brasil, é retomar o projeto iniciado por Lula em 2003, a fim de recolocar o País na trilha do desenvolvimento com justiça social.

Boletim 220 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 26/9/2018 – 19h35