Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Emir Sader.

Instituto Lula

Menu

Boletim 224 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

01/10/2018 10:02

Arte Agência PT

1. Em carta direcionada aos militantes do PTdivulgada neste domingo (30), o ex-presidente Lulafalou da importância do processo eleitoral de 2018, das lutas que o partido vem travando e da injustiça de sua prisão. Lula também reforça que se sente representado por Fernando Haddad como candidato à presidente e assegura que ele irá cuidar com carinho da população. “Peço a vocês que lutem muito pela eleição do Haddad. Saiam de casa todos os dias para fazer campanha e pedir votos para ele. Façam por ele como se fosse por mim”, pediu Lula. Leia a íntegra aqui: http://www.pt.org.br/carta-do-lula-a-militancia-do-pt/

2. Luiz Fux, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), trabalhou até tarde na noite da última sexta-feira (28) para impor mais um ato de violência política contra Lula. Já passavam das 22h quando saiu de seu gabinete uma ordem para proibir que o ex-presidente pudesse conceder qualquer entrevista. O ato foi resultado de uma série de arbitrariedades e superou até mesmo os padrões da ditadura que vigorou entre 1964 e 1985. Entenda: http://www.pt.org.br/como-a-censura-de-fux-a-entrevista-de-lula-constrange-o-direito/

3. Neste domingo ocorreram atos #EleNão em Madri e Montevidéu, capitais da Espanha e Uruguai, respectivamente. Ainda no contexto de denúncia e combate ao fascismo que representa a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência, residentes brasileiros e locais destas duas cidades foram às ruas exibir o seu repúdio ao deputado do Rio de Janeiro. No sábado aconteceram atos de repúdio a Bolsonaro em todos os estados do Brasil e em mais de 20 países ao redor do mundo.

4. Neste domingo completaram-se 177 dias da prisão política de Lula na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Em todo esse período, diariamente o ex-presidente recebe saudações de militantes vindos de diversas regiões do Brasil que foram a Curitiba denunciar a perseguição contra ele e lutar pela sua libertação. A uma semana da eleição no dia 7 de outubro, a Vigília recebeu pessoas de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, além de diversos militantes de Curitiba e região metropolitana e interior do Paraná. Saiba mais: https://www.facebook.com/vigilialulalivre/posts/296193407775391

5. A Vigília Lula Livre recebeu neste domingo o lançamento do livro “Caravana da Esperança – Lula Pelo Brasil”, com a presença de uma das autoras, Fabiane Oliveira. Baseado nas caravanas de Lula pelo Brasil entre 2017 e 2018, o livro é uma espécie de diário de viagem que compila discursos de Lula e fotos das três regiões brasileiras por onde a caravana passou. O livro também conta com 49 crônicas que discorrem sobre a jornada. Mais detalhes: https://www.facebook.com/vigilialulalivre/posts/296204297774302

Boletim 224 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 30/9/2018 – 20h15