Instituto Lula

Menu

Com hospital e faculdade, Lula qualificou a saúde em Lagarto

21/08/2017 18:35

O interior nordestino, até então esquecido pelos governantes, sempre contou com um carinho e atenção especiais do ex-presidente Lula. Sua gestão mudou a realidade do povo nordestino com um recorde de investimentos em educação, saúde e infraestrutura, proporcionando às famílias possibilidade de mudar suas histórias.

E foi assim no município de Lagarto, interior do Sergipe. Com pouco mais de 100 mil habitantes, segundo dados de 2016 do IBGE, a cidade experimentou um avanço social e econômico nos governos Lula. No dia 21 de agosto, Lula visitou novamente a cidade conferiu de perto como ajudou a mudar a cara do interior sergipano.

Enquanto foi presidente da República, Lula instalou em Lagarto um campus da Universidade Federal de Sergipe totalmente voltado para a área da saúde. Com Lula, os moradores da região tiveram acesso a oito cursos de graduação: Medicina, Odontologia, Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Farmácia e Terapia Ocupacional.

Em 2010, Lula também instalou no município o Hospital Regional de Lagarto (HRG), criado para atender 250 mil pessoas da microrregião de Lagarto. De acordo com a UFS, o HRG está sendo transformado em hospital universitário em um processo iniciado em 2014, no governo da presidenta eleita Dilma Rousseff.

Durante a solenidade, Lula também assinou a ordem de serviço para implantação do sistema de abastecimento de água nos povoados Pururuca, Morcego, Miranda e Fazenda de Cima, ambos no município de Lagarto.

Os investimentos fizeram de Lagarto um polo de desenvolvimento no estado de Sergipe, segundo explicou o ex-ministro da Saúde de Lula, Alexandre Padilha. Junto com a universidade de medicina chegaram pequenas empresas, restaurantes, novos profissionais, aumentando a oferta de empregos, o nível salarial e circulando a economia.

“Como cidade do interior de Sergipe, o município precisava de investimentos estruturantes para transformá-la em um polo de desenvolvimento para o estado de Sergipe. Sempre que você leva uma faculdade de medicina e um hospital regional você, além de ampliar o atendimento à população, atrai investimentos”, explicou o Alexandre Padilha, que então era ministro da Saúde e também esteve presente na solenidade.

O campus de saúde da UFS em Lagarto recebeu investimentos da ordem de R$ 27,4 milhões do governo federal. Hoje, o campus possui três prédios que contam com cursos de telemedicina, laboratórios com tecnologia de ponta, auditório para mil pessoas e estruturas completas de atendimento à população.

Investimentos em saúde no Nordeste

“Lula foi o primeiro presidente a tratar o Nordeste não como problema, mas como solução para os problemas dos brasileiros. Por isso promoveu investimentos estruturantes, aumentando o número de universidades federais na região, investindo em saúde, desde a implantação de SAMUs até Hospitais regionais em todos os estados nordestinos. Por onde ele passar nesta viagem vai ver o legado que deixou”, disse Padilha.

Lula pelo Brasil

A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos estados do Nordeste, entre agosto e setembro, é a primeira etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes.

O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa  com o objetivo de conhecer melhor a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do PT e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado nos últimos dois anos.

Por Ana Flávia Gussen da Agência PT de Notícias