Instituto Lula

Menu

De rosa-choque, Lula ajuda a combater o câncer de mama

27/10/2017 17:30

Lula em Araçuaí

Da Fundação Perseu Abramo 

Vestindo camisa rosa de um tom bem intenso, o ex-presidente Lula subiu no palco do ato político-cultural ocorrido no município de Araçuaí, mais uma cidade visitada pela Caravana Lula Pelo Brasil na sua edição mineira.

No palco algumas apresentações culturais já tinham entretido os milhares de moradores daqui e de cidades vizinhas que aguardavam Lula chegar.

As grades de proteção ao redor do palco estão sempre repletas, em geral, muitas mulheres trajando suas melhores roupas, com a maquiagem caprichada gritam e cantam.

Na área mais próxima ao palco a mesma cena: muitas mulheres, todas com seus celulares apontando para Lula com uma mão, porque a outra em geral acena ou aperta a mão do ex-presidente, que sorridente, cumprimenta a praticamente todas elas.

“Lula, eu te amo!” tem sido, sem sombra de dúvida, a frase mais ouvida durante os atos, as visitas, as paradas, as chegadas ou partidas.

E a manifestação de amor ao líder político tem lá grande explicação. Ele pega o microfone, o público ansioso por sua fala, aguarda com mais declarações de simpatia e respeito. Misturando momentos da sua vida com a história dos pobres brasileiros, unindo a isso os demandos que acabam por gerar mais pobreza ao mesmo tempo em
que fala dos 32 bilhões que Temer já gastou para manter o golpe.

Mas no meio de todos esses relatos e fatos e comentários que ele consegue misturar com muita lógica e simplicidade para quem ouve, sempre cita a mulher brasileira.

Hoje, ao vestir a camisa rosa-choque, em certo momento do ato brincou com o público e explicou que todo “macho tem que ser muito macho pra vestir rosa e ajudar
a combater o câncer de mama”, em referência ao outubro rosa.

Depois falou sobre empoderamento feminino a partir da renda, porque “mulher nenhuma tem casar a troco de um prato de comida” e quando fala ao microfone que não são só os filhos dos ricos que têm direito de comer danoninho ou que a patroa fica louca de ódio quando descobre que a empregada tá usando o mesmo perfume caro.

O público, como já disse antes, de muitas mulheres, jovens e idosas, vai ao delírio. Ele fala diretamente para elas e elas amam!

Lula tem falado sobre muitos assuntos, desde a fome até o ensino, os direitos conquistados e os retrocessos que o golpe tem gerado para as populações mais carentes.

Mas tem frisado temas das mulheres, o orgulho que sente por ter ajudado o eleger a primeira mulher presidenta do Brasil.

O respeito pelos ensinamentos que recebeu de sua mãe e segue conversando, entrevistando e não só falando, mas ouvindo o que o povo quer falar.