Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Marcio Pochmann.

Instituto Lula

Menu

Defesa de Lula afirma que Moro agiu fora da Lei

10/07/2018 11:35

Foto: Reprodução

Do site Lula 

Em coletiva nesta segunda-feira (9), o advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin, afirmou que o juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, atuou "sem jurisdição", e que não poderia ter agido "estrategicamente para impedir a soltura" do ex-presidente. 

Depois da decisão do desembargador Rogério Favreto, que concedeu liberdade a Lula em habeas corpus neste domingo (8), Moro, interrompeu suas férias em Portugal para interferir ilegalmente contra Lula, ligando para a Polícia Federal e ordenando o descumprimento de ordem judicial, o habeas corpus concedido pelo desembargador Rogério Favreto.

“Quando você tem um juiz de primeira instância e que está em férias e que não tem mais jurisdição sobre o caso atuando para impedir o cumprimento de uma decisão proferida por um tribunal superior, que restabelecia a liberdade do ex-presidente Lula é muito preocupante e é incompatível com o devido processo legal”, afirmou Zanin.

Para a defesa do ex-presidente Lula, o fato reforça a perseguição de Moro ao ex-presidente. “Lula não teve direito a um julgamento justo, imparcial e independente. Ele foi julgado por alguém que se mostra interessado inclusive em manter o ex-presidente  preso a despeito dele não ter praticado qualquer crime”, alegou Zanin.