Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

Diamantina: Futuro do Brasil está na educação

29/10/2017 19:31

Lula em Diamantina. Foto: Ricardo Stuckert

Por Clarice Cardoso e Mariana Zoccoli
Da Agência PT de Notícias 

educação é a salvação do futuro do Brasil. Esse é o pensamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele esteve, neste sábado (28), em Diamantina, onde participou de ato em defesa da educação durante a caravana Lula pelo Brasil, etapa Minas Gerais. “O mundo que eu quero construir é o mundo que as pessoas terão igualdade de oportunidades. O dinheiro para a escola é investimento e é a única coisa que pode garantir o futuro do Brasil”, disse.

“A ascensão incomoda. Nós vamos incomodar mais porque a gente quer que o pobre cresça mais, tenha mais estudante na universidades, nos IFET, fazendoCiência Sem Fronteiras. A gente não tem vergonha de ser pedreiro, borracheiro, mas nós não podemos aceitar a ideia que a inteligência está ligada à origem social”, afirmou Lula.

Ele lembrou que não tem diploma universitário e que José Alencar, seu vice-presidente, também não tinha. “A educação é uma coisa sagrada pra mim, logo eu que não tenho diploma. O alencar não tinha. Logo nós, que já passamos pela história como o governo que fez mais universidades na história do País”.


Governador de Minas, Fernando Pimentel, ex-presidente Lula e a presidenta eleita, Dilma Rousseff. Foto: Ricardo Stuckert

Para o ex-presidente, a “moda agora é acusar Lula”. “Eu não sei quem já foi mais acusado que eu. Esses dias eu fui numa ocupação que tem em São Bernardo e eu ofertei ao movimento o tal do triplex que dizem que eu tenho no Guarujá. Depois, eu quero que vcs peguem a chácara que eles dizem que é minha e usem também. Até o recibo do aluguel, eles dizem que eu não pago”, disse.

Em um ato em pela educação pública de qualidade, da ampliação do acesso ao ensino superior, Lula foi homenageado por diversos estudantes da Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri.

Ele recebeu flores chamadas “sempre viva”, em homenagem à Dona Marisa Letícia. “Esta linda homenagem que prestamos aqui a esse homem, ao amigo dos estudantes brasileiros, é a nossa mais singela forma de agradecimento por esses milhares de jovens que puderam utilizar os bancos das universidades que antes eram para poucos. Hoje a gente também pode disputar uma vaga nas universidades”, disse a estudante Luana Ramalho.

“O combustível do Lula é o povo!” Com essa fala, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), disse que o ex-presidente é um ser “incansável”. “Desde segunda Lula está conosco percorrendo o nosso estado. Esse homem é incansável. Sabe qual combustível do Lula? é povo! É por isso que ele está aqui, firme igual uma rocha. Quando mais batem nele, mais forte ele fica no nosso coração”.

Pimentel lembrou que o ex-presidente Juscelino Kubitschek nasceu em Diamantina e, assim como Lula, nunca esqueceu do povo brasileiro. “A mesma história que aconteceu com Juscelino acontece agora com Lula. Perseguem, mentem”.

O ânimo da caravana e o carinho com que o ex-presidente Lula tem sido recebido pelo povo em Minas Gerais foi elogiado pela presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

“Isso anima a gente, repor nossas energias para que a gente continue em Brasília com tanta luta. Não entendem porque Lula recebe tanto carinho, está à frente nas intenções de voto. O povo tem memória, o povos sabe o que o Lula fez. Ele governou o país com a cabeça do povo. O Lula pisa onde o povo pisa”.

Em sua fala para mais de 10 mil pessoas que compareceram ao ato, que gritavam “Dilma eu te amo”, a presidenta eleita Dilma Rousseff disse ter muito orgulho de estar em Diamantina junto ao povo. “Aqui, nós conseguimos fazer muitas transformações. Tenho orgulho da capacidade da imensa comunidade do Vale que tem conquistado muitas coisas que a gente não estava vendo ocorrer no passado”, disse Dilma.

A interiorização do ensino superior público também foi comemorada pela presidenta. “Essa grande transformação que nós temos de comemorar. Seja o que esse usurpador golpista que está no Planalto faça que ele tenta tirar de nós, tem coisa que ele  não tira de nós: a universidade do vale do Jequitinhonha”.

Dilma ainda cobrou que o Brasil “tire do mapa da história” essa “vergonha” que foi o golpe que resultou em seuimpeachment. “nós temos de reverter esse golpe, tirar do mapa da história do Brasil essa vergonha que foi esse golpe, porque desrespeitaram 54,5 milhões de brasileiros. Vamos reverter tudo de mal que fizeram por esse país”.

Lula pelo Brasil

A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Minas Gerais, que acontece em outubro, é a segunda etapa do projeto que ainda deve alcançar as demais regiões do Brasil.

Em agosto e setembro, Lula pegou a estrada e percorreu os nove estados nordestinos, visitou inúmeras cidades, ouviu e conversou com o povo.


Por Clarice Cardoso e Mariana Zoccoli, enviadas especiais à Minas Gerais para a caravana Lula pelo Brasil, para a Agência PT de Notícias