Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Emir Sader.

Instituto Lula

Menu

Em Foz, Lula defende retomada da integração latino-americana

27/03/2018 09:13

Lula em Foz do Iguaçu. Foto: Ricardo Stuckert

#SejaInstitutoLula #InstitutoLula 


Clique acima para participar do Financiamento coletivo para manter vivo o Instituto Lula.


Do Lula.com.br 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta segunda-feira (26) de um seminário internacional dedicado a debater a integração da região. Em Foz do Iguaçu, cidade que faz fronteira com Argentina e Paraguai, Lula ressaltou a importância da retomada da integração latino-americana tanto em termos políticos quanto econômicos. 

"A integração é uma questão de sobrevivência nesse continente maluco em que o sistema financeiro só especula e só vende papel. Só a título de recordar a memória: o fluxo de comércio entre Brasil e América Latina era de 20 bilhões de dólares em 2003. Em 2013 era de 95 bilhões", destacou Lula. "Essa gente que é contra a integração não sabe que um país do tamanho do Brasil tem a obrigação moral de fazer com que seus parceiros cresçam junto com a gente".

O ex-presidente ressaltou o papel dos Estados Unidos na desestabilização política e econômica dos países da América Latina e fez questão de dizer que em um eventual terceiro mandato se dedicaria a retomar a soberania da região. "A impressão que eu tenho é que os EUA nunca aceitaram a nossa integração", avaliou.

O ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo, deposto por um golpe parlamentar em 2012, também ressaltou que o fortalecimento da integração regional atraiu incomodo por parte da elite dominante paraguaia, e que essa foi uma das razões que provocaram a cassação ilegal de seu mandato. Lugo escolheu ainda citar o poema Martin Fierro para exemplificar a essência do ideal da integração latino-americana. "Os irmãos sejam unidos porque essa é a primeira lei. Tenham união verdadeira, em qualquer tempo que seja. Porque se brigam entre eles, os devoram os de fora", resumiu.

Lula pelo Sul

Em seu primeiro dia pelo Paraná, Lula visitou ainda a cidade de Francisco Beltrão. No município, um protesto chegou a interditar a rodovia para impedir a chegada do ex-presidente. Mesmo assim, Lula foi recebido e acolhido por uma multidão ao chegar no local do ato e fez questão de enviar um recado para a minoria fascista que disparava rojões contra a caravana. "Espero que eles guardem esses rojões pra minha posse em janeiro", disse.

Nesta terça-feira, a caravana segue para a cidade de Quedas do Iguaçu. A etapa sul de Lula pelo Brasil será encerrada em Curitiba, na quarta-feira (28).