Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

Ex do Chile condena cortes no SUS e defende Lula livre

28/07/2018 10:55

Michelle Bachelet, ex-presidenta do Chile. Imagem: TVT

Primeira mulher a comandar o Chile, Michelle Bachelet foi convidada a abrir o 12° Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. A ex-presidenta do país criticou o desmonte do SUS e defendeu a liberdade de Lula para uma plateia de 10 mil pessoas

Ela fez duras críticas à precarização dos serviços públicos de saúde trazida pela onda neoliberal naAmérica Latina. “Muitas vezes, sob a desculpa de melhora da gestão, há consequências de muito peso. Sigamos resistindo e avançando para fortalecer os direitos do Sistema Único de Saúde e da democracia”, afirmou. Ao final do discurso, ela se juntou a um protesto do público pela liberdade de Lula e posou com uma camiseta coberta com bottons do ex-presidente.

Bachelet foi uma das signatárias da carta de apoio à candidatura de Lula lançada em 10 de julho. Mais de quarenta personalidades da esquerda chilena subcreveram o documento. O texto pede ao Poder Judicial brasileiro que se “garanta o respeito à Constituição, permitindo a inscrição de Lula como candidato presidencial. A democracia brasileira exige. Os democratas chilenos também”.

Da Redação Agência PT de Notícias