Faça parte. Contribua

Vamos juntos manter o Instituto Lula em atividade neste primeiro semestre de 2018

Participe

Instituto Lula

Menu

Lula: Indignado com a situação do Brasil

04/05/2018 09:39

Gleisi Hoffmann e Jaques Wagner falam sobre visita ao presidente Lula em entrevista coletiva nesta quinta (3) na Vigília Lula Livre. Foto: Ricardo Stuckert

#SejaInstitutoLula #InstitutoLula 


Clique acima para participar do Financiamento coletivo para manter vivo o Instituto Lula.


Da Redação da Agência PT de Notícias, de Curitiba 

Um acordo entre a família de Lula, a defesa e a Polícia Federal, autorizado pela juíza Carolina Lebbos, segundo o qual a hora final das quintas-feiras, dia de visita familiar, pode ser utilizada para visitas de amigos autorizados pelo ex-presidente. Assim, nesta quarta-feira (2/5), a presidenta nacional do PT  Gleisi Hoffmann e o ex-governador Jaques Wagner puderam visitar Lula, que é mantido como preso político no prédio da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

“Não discutimos sobre o seu processo, sobre o enfrentamento que ele tem que fazer. Ele disse que fica pensando no Brasil o tempo inteiro, e isso é um dos fatores motivadores para que ele seja candidato à presidente”, afirmou a senadora. “Ele está transtornado com a situação econômica brasileira, com a volta do país ao mapa da fome.”

“Sou amigo do Lula há 40 anos, o conheci em 1978 na Bahia. Cheguei para vê-lo hoje e ele que nos consola, ao invés do contrário. Ele gosta de gente, das pessoas. por isso vou com ele até o final da linha”, discursou o ex-governador. “Lula é um homem extremamente injuriado com a injustiça de uma condenação sem provas. O senso de justiça do Lula , que ele carrega a vida inteira, faz com que ele se revolte essa situação.”

Gleisi, que já havia encontrado com Lula durante a visita da Comissão de Direitos Humanos no Senado, comentou que teve uma boa conversa com o ex-presidente sobre política e a situação do país. Lula pediu que fosse enviado um recado especial aos milhares de homens e mulheres que todos dias passam pela esquina democrática Olga Benário, a poucos metros de onde está: mandou um abraço para a vigília e disse que é isso que tem lhe dado forças.

“É muito legal que ele está neste pique, antenado na situação do Brasil. Não desliga nem um pouco dos problemas do país, ele sabe como resolvê-los, já resolveu uma vez, então isso o motiva muito”, afirmou a senadora.

É daí que vem a indignação de Lula com a situação do país. “Como pode o lucro dos bancos estar aumentando e a população na miséria estar chegando a 13 milhões de pessoas? E ainda cortam 1,3 milhão de famílias do Bolsa Família. É essa gente que está aí que iria melhorar o país? Ele disse que é isso que o motiva a seguir no caminho para ser candidato a presidente, para voltar a recuperar a economia país”, resumiu.

Ricardo Stuckert

Gleisi Hoffmann com Jefferson Lima, sobrevivente do atentado contra o acampamento da Vigília Lula Livre em Curitiba

O presidente aproveitou a visita para passar ainda outros dois recados. O primeiro de solidariedade às vítimas da tragédia no centro de São Paulo. “Ele quer que nosso pessoal técnico de arquitetura e urbanismo pense a questão da habitação baseados em nossas próprias experiências de sucesso pelo país.”

O segundo foi entregue pessoalmente no começo da noite. Após passar mais de duas horas dando depoimento na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Curitiba, Jefferson Lima de Menezes, alvejado no ataque ao acampamento Marisa Letícia na madrugada de sábado por uma pessoa ainda não identificada, passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

De lá, encontrou-se com a senadora, que reforçou sua força e ressaltou o heroísmo de suas ações, que salvou dezenas de vidas. “Jefferson arriscou a vida dele para colocar todos nas barracas e proteger todo mundo. O pessoal reconhece isso. Lula perguntou hoje pelo companheiro Jefferson. Disse que é muito grato a ele, e para que continue em luta, que continue firme, pois estamos todos juntos aqui.”

Da Redação da Agência PT de Notícias, de Curitiba