Instituto Lula

Menu

Morada Nova tem seus programas sociais ameaçados

29/08/2017 10:50

Morada Nova. Foto: Reprodução

O município de Morada Nova, no interior do Ceará, é a região que mais tem assentamentos no estado. No total, são 42 terras assentadas para trabalhadores e trabalhadoras rurais, sendo 11 do governo federal e 31 em parceria com o governo do estado.

Segundo o prefeito, Wanderley Nogueira, não só os assentamentos, mas todos os programas sociais trazidos para a cidade mudaram a vida dos moradores. Porém, com os desmontes de Michel Temer, os avanços estão sendo destruídos na região.

“Agora mesmo nós perdemos 600 pessoas no Bolsa Família porque eles estão criando dificuldades e empecilhos e isso dificulta a situação de Morada Nova”, afirma o prefeito.

Para Wanderley, as políticas dos governos do PT com Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff, alavancaram muito a região, inclusive, em relação a dignidade do povo do campo.

“Eu dizia que antes o pobre não passava nem na frente do banco, e hoje as portas dos bancos estão abertas para os pequenos produtores e produtoras e beneficiados com o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf)”, diz.

Não só em Morada Nova, mas em todo Nordeste há milhares de histórias de famílias que ganharam através do Partido dos Trabalhadores a oportunidade de mudar as suas vidas. É a esperança para o sertão, principalmente para o povo rural.

“Nós estamos numa região agrícola, uma região de sequeira, e o mais importante mote de transformação veio com os programas Luz Para Todos e o projeto de Cisternas, que são os precursores das mudanças para o povo nordestino”, ressalta o prefeito.

Segundo ele, o município foi beneficiado com as máquinas do PAT no final do governo Lula, além dos programas sociais como o ProUni, FIES, Farmácia Popular, Pronaf e o Mais Médicos.

“Aqui, nós recebemos 23 médicos do programa Mais Médicos; quanto ao Minha Cada Minha Vida, não fomos contemplados ainda, mas já temos uma previsão para Morada Nova realizada na época do governo Dilma”, relembra.

Os retrocessos de Temer
Desde que o governo golpista assumiu o governo, a região mais afetada é o Nordeste. A educação, a saúde, a economia e os programas sociais estão sendo destruídos através da política de desmontes.

“Temer atingiu de um modo geral, não só a cidade de Morada Nova, mas o país. O Minha Casa Minha Vida em parceria com o município ainda não aconteceu porque comecei meu mandado há sete meses, mas há dificuldade e bloqueio para o financiamento, o que impede o andamento e prejudica muito o município”, alega.

Da Redação da Agência PT de Notícias