Faça parte. Contribua

Vamos juntos manter o Instituto Lula em atividade neste primeiro semestre de 2018

Participe

Instituto Lula

Menu

Okamotto: A consciência da inocência só aumenta energia do Lula

11/05/2018 12:15

Emidio Souza e Paulo Okamotto visitaram Lula nesta quinta-feira, em Curitiba. Foto: Ricardo Stuckert

Clique acima para participar do Financiamento coletivo para manter vivo o Instituto Lula.


Por Ana Carolina Caldas
Para Brasil de Fato  | Curitiba (PR)

 

Pela segunda semana seguida, a quintas-feira, dia de visitas aos detidos na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, foi reservado para família e amigos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Nesta quinta (10), quem o visitou foi Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, e Emidio Souza, secretário de finanças do PT. Ambos relataram que o ex-presidente está altivo, confiante porque é inocente e indignado em relação ao processo que o mantém preso sem provas.

Emidio contou que Lula continua se colocando como candidato a presidente da República: ”esse desejo não é algo pessoal, porque ele quer, mas porque é um homem inocente, foi condenado sem provas e sabe que ele tem a força que o Brasil precisa. Apesar de estar nessa condição, demonstra uma fé impressionante na possibilidade de mudar este país, na resistência que vem sendo feita e é muito agradecido à militância.”

Okamotto foi o responsável por repassar o recado à militância. “Lula disse que quando sair daqui irá dar um abraço em cada homem e mulher que faz a resistência aqui.” E complementou: “Ele sabe que é a pessoa que pode colocar o país para a frente, fazer com que esse país seja de novo um lugar onde as pessoas tenham vontade de sonhar, de dar risada, de construir um mundo melhor, mais justo e mais igual”, afirmou.

Presentes

Os filhos de Lula e a neta Bia visitaram a Vigília após encontrarem-se com o pai e avô. Além de abraços, fotos e conversas com os integrantes do Acampamento Marisa Leticia, receberam uma colcha bordada por professoras do Estado do Paraná. O presente, que tem retalhos com frases e o nome de cada bordadeira, foi entregue pela professora e pedagoga Ana Cristina Martins de Souza.

Confira a coletiva de imprensa dos amigos de Lula após a visita ao ex-presidente: