Instituto Lula

Menu

Soberania é ninguém meter o dedo na Amazônia

27/08/2017 10:16

Lula em ato da Frente Brasil Popular em João Pessoa (PB). Foto: Ricardo Stuckert

“Soberania nacional é dizer que a Amazônia é nossa e ninguém vai meter o dedo”, afirmou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o ato dos movimentos sociais por mais cidadania, direitos e pela democracia em João Pessoa (PB) neste sábado (26).

O ex-presidente chegou hoje ao estado levando consigo o projeto Lula Pelo Brasil, que o levará aos estados do Nordeste até o próximo dia 5.

“Eles querem vender tudo rápido, porque sabem que, se tiver eleição, não vamos deixar eles entregarem o patrimônio de vocês. Se qualquer um de nós da esquerda governar esse país, vamos desfazer tudo o que eles estão fazendo”, garantiu Lula.

No ato, Lula ressaltou que o que está em jogo é a destruição do patrimônio brasileiro.

“Soberania nacional é dizer que a Amazônia é nossa e ninguém vai meter o dedo. Os oito mil km de costa marítima são nossos e não queremos palpite. Esse país precisa manter sua soberania. Estão vendendo tudo para atender aos interesses do mercado, aos interesses estrangeiros”, declarou.

Para o ex-presidente, “o maior valor de uma nação é a qualidade de vida do seu povo, da educação da moraria, transporte, da capacidade de viver com dignidade”.

Lula lembrou das ações do seu governo que tinham como foco principal o Nordeste. “Eu estava cansado de ver o Nordeste aparecer no jornal porque tinha seca. Quando eu era presidente, falei: ‘Não posso passar para a história como mais um presidente da República que esqueceu o Nordeste. Eu vou ter que dar um jeito no Nordeste’.”

O líder petista declarou que sente muito orgulho quando vê um jovem dizer que é estudante do ProUni.

“O Prouni foi uma invenção genial. Trocamos dívidas das universidades particulares por vagas para alunos carentes das escolas públicas. E 40% tinha de ser de negros, para que a gente possa sonhar que as pessoas mais humildes possam ser doutores”, apontou.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) subiu ao palco para saudar Lula e mostrar que está ao lado daqueles que defendem o povo e a democracia no Brasil.

“Quando o povo sai das ruas e se recolhe, o atraso toma conta, como aconteceu recentemente no Brasil. A hora é de retomar os espaços que pertencem ao povo. Eles querem impedir que o povo brasileiro tenha uma alternativa popular”, declarou.

Coutinho também falou da Transposição do São Francisco, realizado por Lula e Dilma. “Amanhã, Lula, você vai estar chegando em Campina Grande e terá água jorrando em todas as casas”, garantiu o governador Ricardo Coutinho.

Título de cidadão pessoense

Na mesma noite, o ex-presidente Lula ainda foi agraciado com o título de cidadão pessoense  pela Câmara Municipal de João Pessoa.

O título foi entregue pelas mãos do vereador Marcos Henriques (PT-PB).

Por Mariana Zoccoli, enviada especial ao Nordeste com a caravana #LulaPeloBrasil para a Agência PT de Notícias