Instituto Lula

Menu

O mito da revolução de Pinochet no Chile

02/05/2019 13:05

Imagem: Gazeta do Povo/Reprodução

Em visita recente ao Chile, Jair Bolsonaro e membros do seu governo reafirmaram a admiração que têm por Augusto Pinochet. O ditador chegou ao comando do país por meio de um golpe que derrubou o presidente eleito Salvador Allende em 1973, e lá ficou até 1990. Com as declarações do presidente brasileiro, “o tema do legado da ditadura Pinochet voltou aos holofotes”, escreve Filipe Figueiredo em sua coluna no portal Gazeta do Povo.

Figueiredo afirma que “existe e persiste no Brasil uma visão idealizada da ditadura de Pinochet, que vê nele uma infinidade de méritos. Ou então, uma perspectiva de que ʽos fins justificamʼ, ou amenizam os meios”. Por essa razão, o colunista acredita ser pertinente “um olhar mais detalhado sobre a ética e também questões factuais sobre Pinochet e seu governo”.

Leia a coluna de Filipe Figueiredo na Gazeta do Povo.