Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Emir Sader.

Instituto Lula

Menu

Governos progressistas reduziram desigualdades no acesso à água

16/02/2018 11:08

Documento coordenado por Tereza Campello (Faces da desigualdade no Brasil ) mostra que ampliou acesso a água de qualidade, que quer dizer água distribuída por rede geral, ou proveniente de poço ou nascente com canalização interna durante os governos do PT.

Para os domicílios brasileiros em geral, a porcentagem foi de 88,6% para 95,2%, o que já é um dado muito positivo.

Porém, o documento chama a atenção para o fato de que melhoraram mais os domicílios mais pobres do país. Em especial, entre os 20% dos brasileiros mais pobres, de 2002 a 2015 aumentou a porcentagem de domicílios com acesso a água de qualidade de 63,3% para 85,4%. Já entre os 5% mais pobres, a porcentagem de domicílios com água de qualidade foi de 49,6% para 76% no mesmo período.

Tais dados mostram que ocorreu uma redução das desigualdades no acesso à água de qualidade no país.

Link relacionado:

Baixe o documento Faces da desigualdade no Brasil