Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

"Quem lê sentença de Lula sabe que foi política"

27/07/2018 10:18

Foto: Joka Madruga/Agência PT

Da Agência PT de Notícias

Lula recebeu nesta quinta-feira (26) a solidariedade de líderes progressistas europeus, por meio de Roberto Gualtieri, presidente da Comissão deEconomia do Parlamento Europeu.

Segundo o parlamentar italiano, Lula foi condenado sem provas, o que ameaça a democracia no Brasil. “Li atentamente toda a sentença do processo e fiquei chocado com a ausência de provas e de culpas”, disse o parlamentar europeu.

Gualtieri bateu forte na sentença que condenou Lula: “Acho que essa sentença será estudada por muitos anos nas universidades como exemplo de má justiça”, afirmou. “Após ler a sentença é impossível não pensar que tenha motivação política”, completou.

Tão grave quanto a condenação sem provas, , prosseguiu Gualtieri,  é a tentativa de excluir Lula do processo eleitoral. “O fato de que Lula corre o risco de não ser candidato é muito preocupante para a democracia brasileira, para a imagem do Brasil na Europa e no mundo”, afirmou.

Os progressistas europeus estão ao lado de Lula que trouxe cartas de líderes de vários partidos políticos para o ex-presidente. “Ha muita inquietação na Europa. Todos sabem que Lula é líder nas pesquisas e teremos um grave dano se a ele não for permitido participar das eleições”, disse.

O mundo está de olho no Brasil por causa de Lula, segundo Gualtieri. “O presidente Lula tem reputação muito forte no mundo, é uma referência para todos os progressistas. Por essa razão, o perigo de não poder participar do processo eleitoral causa muita inquietação”, concluiu.

Por Luis Lomba, da Agência PT de Notícias