Instituto Lula

Menu

Rapper Preta Rara visita Instituto

29/11/2017 13:47

Preta Rara e Lula. Foto: Ricardo Stuckert

Do Lula.com.br 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta terça-feira (28) a rapper e ativista Preta Rara. A cantora contou como a história de sua família começou a mudar no governo do petista e se emocionou ao agradecer Lula pessoalmente.

Preta contou que seu pai Jairo, carteiro de profissão, participou da greve dos Correios de 98 e foi demitido. “Foi o momento mais difícil das nossas vidas, ver meu pai desempregado e a minha família passando dificuldades”. A rapper agradeceu Lula por ter assinado a lei que anistiou os trabalhadores punidos em razão da greve. 

Nascida e criada em Santos, Preta Rara começou a cantar na igreja, junto a família. Mais tarde, já com 20 anos, ela montou o grupo Tarja Preta. A parceria durou até 2013, quando a artista resolveu seguir carreira solo. O primeiro CD, chamado Audácia, foi lançado em outubro de 2015. Além de cantar, Preta também é militante, turbanista, dona de uma marca de roupas e professora de história. 

O artista plástico refugiado congolês Shambuy Wetu, que está no Brasil há três anos, também acompanhou a visita.

A rapper aproveitou o encontro e cantou sua música autobiográfica “Audácia”:

“O que conquistei
O que concretizei
São resultados das barreiras que eu e mesmo quebrei
Sou fruto daqui coração, corpo mente e alma
Espirito nativo a flora e a fauna
Quebro concreto, não sou objeto
Tenho palavras pra romper demais o meu dialeto
Guerreira, Brasileira, minha arma o microfone
Munição papel, caneta e o meu fone
Quem quiser parar fique aí
Eu vou me adiantar!
Sempre tive força de vontade pra continuar”