Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

A Cultura nos anos Lula valorizou o Brasil

05/11/2018 10:41

Foto: Ricardo Stuckert

Durante os 12 anos de governos progressistas as administrações sempre presaram pelo desenvolvimento e fomento das atividades e relações culturais. Programas como o Cultura Viva  mudaram a forma como se via as possibilidades de atuação de um ministério.

A partir do eixo central que eram os Pontos de Cultura , o Brasil inteiro adentrou em si. Passou a olhar os movimentos culturais com outros olhos.

Nesse momento que vivemos em que parece ser '' bonito'' desprezar as manifestações culturais se torna imprescindível que se olhe para trás para não nos esquecermos do tanto que caminhamos para a frente.

Durante os anos Lula e Dilma  o orçamento do Ministério da Cultura pulou de R$ 276,4 milhões em 2002 para R$ 3,27 bilhões em 2014. Foram criados mais de 4 mil Ponto de Cultura. A criação do Vale Cultura proporcionou acesso a bens culturais a mais de 700 mil trabalhadores. As Conferências Nacionais de Cultura deram voz para as manifestações culturais do país inteiro.

As politicas de financiamento da Ancine  impulsionaram tanto o cinema de autor, quanto o comercial. Nestes anos foram incontáveis prêmios internacionais e sucessos de público. 

Diante do que estamos vendo. Uma desvalorização da Cultura como um todo é importe que estamos atentos e alertas. Um país que não valoriza a Cultura está fadado ao esquecimento.