Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Marcio Pochmann.

Instituto Lula

Menu

Boletim 205 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

12/09/2018 10:32

Arte Agência PT

1. Diante do silêncio do STF e da arbitrariedade do Tribunal Superior Eleitoral em relação à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, o Partido dos Trabalhadores anunciou hoje (11), em Curitiba, o nome de Fernando Haddad para disputar o cargo, atendendo indicação expressa de Lula. Em carta histórica dirigida ao povo brasileiro, Lula reiterou não ter cometido nenhum crime e desafiou os promotores da Lava Jato, o juiz Sérgio Moro e o Tribunal Regional Federal da 4º Região a apresentarem ‘’uma única prova” contra si. Leia a íntegra da carta: http://www. pt.org.br/nosso-nome-agora-e-haddad-em-carta-lula-e-pt-indicam-candidato/

2. No primeiro pronunciamento como candidato à Presidência pelo PT, ao lado de sua candidata a vice, Manuela D’Ávila (PCdoB/RS), o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad enumerou as conquistas econômicas e sociais dos governos Lula e fez críticas contundentes às elites do País pela perseguição a Lula, “o maior presidente da história do País”. Condenou também a sabotagem feita pela aliança midiática, judicial e parlamentar que levou à desestabilização do País e ao golpe de 2016. Haddad encerrou o pronunciamento bradando “ Lula Livre!”. Leia mais: http://www.pt.org.br/nosso-nome-agora-e-haddad-em-carta-lula-e-pt-indicam-candidato/

3. Foi a presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), quem comunicou a decisão de Lula em favor de Haddad em ato emocionante realizado na Vigília Lula Livre com a presença de milhares de militantes. Ela criticou a perseguição do Judiciário a Lula, da condenação sem crime e sem provas do juiz Moro até às aceleradas decisões do TSE, que atropelou ritos, prazos e a lei para prejudicar o ex-presidente. Leia mais: http://www.pt.org.br/gleisi-aceitamos-o-desafio-de-lula-e-nao-deixaremos-o-povo-sem-alternativa/

4. Do lançamento do nome de Haddad como indicado de Lula para disputar o cargo de presidente da República, participaram, entre outros, a presidenta legítima Dilma Rousseff, a esposa do ex-prefeito de São Paulo, Ana Estela Haddad, os líderes do PT na Câmara e no Senado, Paulo Pimenta (RS) e Lindbergh Farias (RJ), os governadores de Minas GeraisFernando Pimentel, e do Piauí, Wellington Dias, o deputado Wadih Damous (PT-RJ) e o ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh. Ele participaram depois do ato de “Boa Noite, Lula!, que terminou com os militantes bradando Lula Livre! e Abaixo a Rede Globo!

5. Após Lula indicar Fernando Haddad como seu substituto nas Eleições 2018, a hashtag #HaddadÉLula se tornou o assunto mais comentado no Twitter do Brasil e também apareceu no segundo lugar dos tópicos mais comentados no mundo, nesta terça-feira (11).

Boletim 205 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 11/9/2018 – 19h30