Instituto Lula

Menu

Investimentos de Lula em saúde mudaram o RJ

06/12/2017 09:48

Chico D'Ângelo e Lula

Por Ana Flávia Gussen da Redação da Agência PT de Notícias 

A terceira etapa do projeto Lula Pelo Brasil chega ao Rio de Janeiro, estado que, além de investimentos recordes em programas sociais, infraestrutura e educação, também contou com repasses importantes na área da saúde.

Só em medicamentos gratuitos, parte do Programa Aqui Tem Farmácia Popular, foram beneficiados 3,4 milhões de moradores de todo estado do Rio de Janeiro a partir da instalação de 2,4 mil farmácias populares.

Mais de 60 cidades passaram a ser atendidas com 134 ambulâncias básicas e 45 UTIs móveis. Isso sem contar o programa Mais Médicos, que passou a levar atendimento a áreas até então descobertas pelo sistema público. Foram 732 médicos, beneficiando 2,5 milhões pessoas em 75 municípios.

“Como os principais avanços dos governos democráticos populares no Rio de Janeiro, destaco os da área da saúde, que, depois da segurança é a principal demanda do nossos povo. Na saúde, Lula implantou o SAMU , o Farmácia Popular e expandiu o Saúde da Família’, lembrou o deputado federal Chico D’Angelo (RJ).

Ele citou ainda os investimentos e expansão da indústria naval, um dos principais setores responsáveis pelo desenvolvimento do estado, a expansão dos Institutos Federais de Educação e, na cultura, o fortalecimento de parcerias com os municípios incentivando os pontos de Cultura.

Calamidade pública

Durante toda a viagem, feita de ônibus pelo ex-presidente e sua comitiva, Lula vai conversar com as pessoas, ouvir suas demandas e propor saídas para a atual situação do Rio de Janeiro, que vive um momento de calamidade financeira, política e social.

Para o deputado federal, a chamada PEC da Morte, que congelou o orçamento federal por 20 anos, as privatizações das estatais do Rio de Janeiro e os desmontes na educação, pautas do governo golpista, pioraram em muito a situação do estado.

“A PEC da Morte impede os investimentos em saúde e educação por 20 anos, a privatização vai vendendo nossas estatais a preço de banana, enfraquecendo a indústria nacional, a confiança do país e a contratação de mão de obra nacional, as reformas colocam no colo do trabalhador, já tão vulnerável em meio a esse caos, a responsabilidade total pela crise”, afirma.

“O trabalhador é onerado de forma muito cruel, perdendo seus direitos trabalhistas e o sonho da aposentadoria. O pior disso tudo é que o desgoverno Temer vende isso como necessário enquanto não mexe um milímetro em seus próprios privilégios, declarou o parlamentar.

Lula pelo Brasil

A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Espírito Santo e ao Rio de Janeiro, que acontece em dezembro, é a terceira etapa do projeto que ainda deve alcançar as demais regiões do Brasil.

Em agosto e setembro, Lula pegou a estrada e percorreu os nove estados nordestinos, visitou inúmeras cidades, ouviu e conversou com o povo. Em outubro, foi a vez do estado de Minas Gerais.

O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos democráticos e populares e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista nos últimos dois anos.

Por Ana Flávia Gussen da Redação da Agência PT de Notícias