Instituto Lula

Doe agora
Menu

Duas semanas intensas na Escola de Verão Instituto Lula

22/02/2021 11:21

Foto: Safira Moreira/Olabi

A Escola de Verão do Instituto Lula já conta com 1.500 inscrições em 2021. Iniciado na primeira quinzena de janeiro, com o ciclo de formação “200 anos de Independência: desafios para o Brasil”, o programa da Escola segue agora com o curso “Repensar nossa América: debates e desafios para a ação política”. Se juntam a essas duas primeiras iniciativas o ciclo internacional “Saídas progressistas para a pandemia” e o ciclo nacional “Classe trabalhadora na terceira década do século 21”.

“Saídas progressistas para a pandemia” terá início às 15h do dia 23 de fevereiro. O ciclo é fruto de uma parceria entre Instituto Lula, CIFRA/CTA (Argentina), Fundación Liber Seregni (Uruguay), Instituto de Formación Política de MORENA (México) e Transform! (Europa) e visa apresentar o diagnóstico e as propostas desenvolvidas em sete países — França, Argentina, Espanha, México, Portugal, Brasil e Uruguai — frente à pandemia. A liderança escalada para o diagnóstico brasileiro é o médico sanitarista e ex-ministro do governo Lula, Alexandre Padilha.

Já às 19h do mesmo dia 23 será realizada a aula de abertura do ciclo “Classe Trabalhadora na Terceira Década do Século 21”, com a presença da professora Dallila Andrade de Oliveira da UFMG e da RedStrado Brasil; Heleno Araújo, presidente da CNTE (Conferência Nacional dos Trabalhadores de Educação); Marta Vanelli, secretaria geral da CNTE; e Marcio Pochmann, presidente do Instituto Lula. A conferência de abertura fica a cargo do ex-presidente da CUT, Artur Henrique S. Santos sobre “O centro do capitalismo mundial”. Todo este ciclo de debates formativos vai ser baseado no eBook: “A devastação do trabalho: a classe do labor na pandemia” organizado por Dallila Andrade de Oliveira e Marcio Pochmann. Para ter acesso ao livro gratuitamente, clique neste link.

Fique atento: nas próximas duas semanas, três ciclos de formação estarão disponíveis em dias e horários variados. Há duas formas de participar dos debates: assistindo às aulas e interagindo ao vivo durante as transmissões ou através das inscrições, que dão direito a debates via sala de Classroom, material de leitura e de apoio, debates e interações com outros participantes e, para aqueles que cumprirem as propostas de atividades, certificado ao final do ciclo. 

Acompanhe as transmissões pelo YouTube e Facebook do Instituto Lula e se atualize sobre a agenda pelo cronograma abaixo. 

Cronograma da Escola de Verão Instituto Lula (de 22 de fevereiro a 5 de março)

CICLO DE DEBATES FORMATIVOS:

23/02 (15h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”: Diagnóstico e respostas da França - Christian Rodriguez, do França Insubmissa

23/02 (19h): “CLASSE TRABALHADORA NA TERCEIRA DÉCADA DO SÉCULO 21”: No centro do capitalismo mundial - Artur Henrique S. Santos, ex-presidente da CUT

24/02 (19h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”:  Diagnóstico e respostas da Argentina - Pablo Manzanelli, doutor em Ciências Sociais, professor da UBA e FLACSO

24/02 (19h): “REPENSAR NOSSA AMÉRICA”: No caminho da igualdade – Luciana Cadahia (Argentina), Dora Barranco (Argentina)

25/02 (15h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”: Diagnóstico e respostas da Espanha - Eduardo Garzon, professor de economia na Universidade de Madri

25/02 (19h): CLASSE TRABALHADORA NA TERCEIRA DÉCADA DO SÉCULO 21”: Na periferia do capitalismo mundial: o caso do Brasil – Marcio Pochmann, Presidente do Instituto Lula

26/02 (15h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”: Diagnóstico e respostas do México - Rafael Barajas Durán, "El Fisgón", escritor, caricaturista e diretor do IFP do MORENA

01/03 (15h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”: Diagnóstico e respostas de Portugal - Francisco Louçã, economista, ex-Coordenador Nacional do Bloco de Esquerda

02/03 (15h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”: Diagnóstico e respostas do Brasil - Alexandre Padilha, médico infectologista, deputado federal do PT, ex-ministro da Saúde

02/03 (19h): CLASSE TRABALHADORA NA TERCEIRA DÉCADA DO SÉCULO 21”: A situação do sindicalismo – Anderson Campos, do Partido dos Trabalhadores

03/03 (15h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”: Diagnóstico e respostas do Uruguai - Miguel Fernández Galeano, doutor em Medicina, ex-vice-ministro da Saúde (FA)

03/03 (19h): “REPENSAR NOSSA AMÉRICA”: Religão e Cultura – Elmise Cuda (Argentina), Rafael Rodrigues da Costa (Brasil)

04/03 (15h): “SAÍDAS PROGRESSISTAS PARA A PANDEMIA”:  Conversa final com líderes políticos

04/03 (19h): CLASSE TRABALHADORA NA TERCEIRA DÉCADA DO SÉCULO 21”: Papel das negociações coletivas de trabalho – Camila Yuri Santana Kuta e Luís Augusto Ribeiro da Costa