Instituto Lula

Doe agora
Menu

Lula à Der Spiegel: ʽMaior genocídio de nossa históriaʼ

26/03/2021 11:46

Foto: Ricardo Stuckert

Em entrevista exclusiva à revista Der Spiegel, Lula responsabilizou o governo federal pelo "genocídio" em curso no Brasil e fez um apelo a Angela Merkel para que a chanceler da Alemanha apoie a quebra de patentes das vacinas contra o coronavírus.

Por DW

Em entrevista publicada pela revista alemã Der Spiegel, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que as mais de 300 mil mortes por coronavírus no Brasil são "o maior genocídio" da história do país, responsabilizando Jair Bolsonaro pela situação crítica enfrentando pelo país. Segundo o petista, o atual presidente deveria "pedir perdão" aos brasileiros. "Durante um ano, ele não levou o vírus a sério e disseminou mentiras. Durante um ano, atacou todos os que discordavam dele. Se ele realmente estivesse preocupado com o povo, teria dado o exemplo e colocado uma máscara imediatamente e não teria provocado aglomerações", disse Lula.

[...]

Na entrevista, Lula também propôs a quebra das patentes das vacinas contra covid-19 para permitir um maior acesso global ao imunizante. "Isso é um bem de toda a humanidade, e nenhuma empresa pode se enriquecer com isso. Não devemos permitir que interesses comerciais desse ou daquele fabricante estejam sobre os interesses da humanidade", sublinhou, fazendo um apelo para que a chanceler federal alemã, Angela Merkel, pressione pela realização de um encontro internacional dos líderes mundiais para discutir a questão.

Leia a matéria completa no site da DW