Instituto Lula

Doe agora
Menu

Para 68%, Lula teria vencido a eleição se estivesse livre

16/12/2019 11:52

Passado pouco mais de um mês após sua libertação, ocorrida em 9 de novembro último, Lula parece cada vez mais imune aos efeitos da prisão política que o tirou das ruas por 580 dias. A saída da Polícia Federal de Curitiba, respaldada por milhões de brasileiros por todo o país, renovou as esperanças com o ex-presidente petista cativando a militância e gerado grandes expectativas ao se contrapor ao já fracassado desgoverno de Jair Bolsonaro.

A popularidade do petista é um dos pontos destacados da mais recente pesquisa Vox Populi divulgada nesta sexta-feira (13). E não são poucos os números favoráveis ao ex-presidente evidenciados pelo levantamento. Entre eles, está a confirmação da tese que os olhos mais atentos aos desenrolar da política nacional já sabiam: para 68% da população, Lula teria vencido as eleições de 2018 caso não tivesse sido levado ao cárcere a partir de uma farsa judicial sem precedentes na história do país e, de quebra, impedido de disputar a corrida eleitoral.

Um ano depois, e com tragédias  a perder de vista desde o primeiro dia de Bolsonaro à frente da República, Lula segue imbatível como a maior liderança popular do país: caso as eleições fossem hoje, o retorno ao cargo que encerrou dois mandatos com popularidade recorde seria certo. Em suma, independentemente do adversário, Lula estaria novamente eleito.

E, para se ter ideia do tamanho do descrédito da atual gestão, numa disputa entre Lula e Bolsonaro o primeiro venceria com 51%. A mesma porcentagem considera o atual governo pior ou muito pior ao do petista. Mesmo quando o nome dos candidatos não é mencionado na pergunta feita pela Vox Populi, 26% dos entrevistados citam Lula como o escolhido para ocupar a Presidência.

Da Redação da Agência PT de Notícias